30 de jan de 2013

Curiosidades do filme Titanic




~ Hello People ~
Estava dando uma passada no site adoro cinema e vi as curiosidades do filme Titanic, então resolvi compartilhar aqui com vocês.

Inspiração

James Cameron tinha acabado de completar O Exterminador do Futuro 2 quando teve a ideia para Titanic. A inspiração nasceu após conferir Somente Deus por Testemunha, clássico de 1956 que também aborda o naufrágio do navio. O longa é dirigido por Roy Ward Baker.

Cameron gosta tanto do filme citado, que incluiu no roteiro referências/homenagens claras. A cena em que Thomas Andrews se dirige ao capitão Smith e avisa que o naufrágio é “matematicamente inevitável” é praticamente igual nos dois longas.

Novo estúdio

A 20th Century Fox precisou construir um estúdio novo (Fox Studios Baja) para comportar a equipe de filmagem de Titanic e a réplica do navio, que tinha quase a mesma escala do original e que não cabia em nenhuma outra propriedade da empresa. A companhia comprou 40 acres de terra no litoral sul do México, onde construiu um tanque com mais de 60 milhões de litros d’água.

Mais caro que o navio

O filme Titanic custou mais do que o navio em si. A construção do navio, que ocorreu entre 1910 e 1912, custou US$ 7,5 milhões, que corrigidos para valores de 1997 ficariam em torno de US$ 150 milhões. Por sua vez, a produção cinematográfica foi orçada em US$ 200 milhões, que à época fazia da obra a mais cara de todos os tempos.

Nova tecnologia

Para filmar a quase 4 mil metros de profundidade, Cameron teve que desenvolver junto com a Panavision uma câmera especial que suportasse a pressão no fundo do mar e tivesse mobilidade do lado de fora de um submarino. A câmera só conseguia gravar por 12 minutos, então o diretor tinha que aproveitar ao máximo cada viagem ao local.

Promessas quebradas

Para conseguir o sinal verde da Fox, James Cameron aceitou três condições impostas pelo presidente Peter Chernin: um orçamento de no máximo US$ 110 milhões; um lançamento no dia 4 de julho de 1997; e uma duração máxima de três horas. O diretor não cumpriu nenhuma das promessas e acabou entregando um filme de 3h14 de duração, que custou US$ 200 milhões e estreou em 19 de dezembro de 97.

Problemas de saúde

Durante as gravações em Nova Scotia, em agosto de 1996, boa parte da equipe da produção ficou muito doente após comer uma sopa de frutos do mar que foi adulterada com fenilciclidina (pó de anjo). Muitos suspeitaram de que não se tratou apenas de uma pegadinha, mas sim de um ato de vingança contra a postura autoritária do cineasta. A polícia chegou a ser chamada para trabalhar no caso, mas a sabotagem nunca foi confirmada. Ao todo, mais de 80 pessoas foram infectadas, incluindo o diretor James Cameron e o ator Bill Paxton.

Kate Winslet também teve problemas de saúde durante as filmagens. Ela se recusou a usar uma roupa térmica especial e acabou pegando uma pneumonia. Chegou perto de abandonar a produção, mas foi convencida pelo diretor a continuar.

Trilha sonora

James Cameron queria que Enya compusesse a trilha de Titanic, mas ela acabou recusando, o que abriu caminho para James Horner. O compositor havia se desentendido com Cameron durante a realização de Aliens, O Resgate, mas o diretor gostou tanto de seu trabalho em Coração Valente que resolveu lhe dar nova chance.

Ainda sobre a trilha, um fato curioso se deu com relação à música tema. Cameron não é dos maiores adeptos em inserir canções em seus filmes, deixando-as de fora até mesmo dos créditos finais na maioria das vezes. Sabendo disso, Horner convocou o compositor Will Jennings e a cantora Céline Dion para realizarem “My Heart Will Go On”. Após finalizada, a canção foi apresentada para o cineasta, que então aprovou a utilização no longa.

Atores cotados

Leonardo DiCaprio não era o favorito da 20th Century Fox para interpretar Jack Dawson. A companhia queria ver Matthew McConaughey, que havia brilhado em Tempo de Matar, no papel. James Cameron, no entanto, não aceitou a imposição do estúdio e fez questão de contratar DiCaprio, que já havia se destacado em produções como Romeu e Julieta e Diário de um Adolescente.

O nome de Macaulay Culkin também chegou a ser cotado para o papel principal, mas, ao que parece, Cameron nunca cogitou contratar o ator de Esqueceram de Mim, que à época tinha apenas 16 anos. Já Christian Bale foi recusado por ser britânico, uma vez que Cameron queria um ator americano para o papel.

Veterana

Gloria Stuart era a única integrante da equipe do longa que estava viva em 1912, quando ocorreu o naufrágio do navio. A atriz, que faleceu em 2010, sempre demonstrou muito orgulho em trabalhar no filme, que lhe rendeu indicações ao Oscar e ao Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante.

Ela, no entanto, teria se mostrado insatisfeita por ter sido convidada para interpretar Rose com 101 anos, enquanto que tinha apenas 86 anos.

Participação especial

Cameron não se contentou com as funções de diretor, roteirista, editor e produtor, e acabou fazendo algumas participações especiais no longa. Ele que realizou todos os desenhos de Jack, personagem de Leonardo DiCaprio. Inclusive, é a mão dele que aparece na clássica cena em que Jack desenha Rose. Como Cameron é canhoto e Jack destro, as imagens tiveram que ser invertidas na pós-produção.

O cineasta ainda aparece na festa em que Jack e Rose dançam, e pode ser visto atrás de Fabrizio (Danny Nucci) na cena em que Murdoch (Ewan Stewart) começa a atirar.

Estrelas erradas

Conhecendo o perfeccionismo pelo qual Cameron é lembrado, o conceituado astrônomo americano Neil deGrasse Tyson não aceitou um erro na posição das estrelas em Titanic e tratou de contatar o cineasta para informá-lo. "Neil deGrasse Tyson me mandou um e-mail desaforado dizendo que, naquela época do ano e naquele ponto do Atlântico em 1912, quando Rose (Kate Winslet) está deitada em um pedaço de madeira olhando para as estrelas, não são aquelas as estrelas que ela deveria estar vendo", afirmou Cameron.

O diretor desafiou o astrônomo a lhe enviar a posição correta das estrelas naquele momento, há quase 100 anos. Ao receber o material, James Cameron não pensou duas vezes e refilmou a cena, inserindo-a na versão 3D.

Tomada única

A cena em que o salão com a grande escadaria é tomado por muita água só pôde ser realizada uma única vez. Todos os cenários e a ambientação foram destruídos na sequência, então só puderam fazer uma tomada. Ao todo, mais de 300 mil litros de água foram utilizados na cena, o que foi suficiente para destruir a escadaria por completo, inclusive o suporte de metal.

Contagem de nomes

Na disputa de quem disse mais o nome do outro, Rose deu uma goleada em Jack. Ela diz “Jack” 80 vezes no filme, contando as falas de Kate Winslet e Gloria Stuart, mas deixando de lado as vezes que o chama de “Sr. Dawson”. Já ele diz “Rose” 50 vezes.

Duração insana

Muita gente reclama da longa duração de Titanic (3h14), mas poderia ter sido muito pior. O compositor James Horner afirmou que o primeiro corte bruto do filme tinha 36 horas!

Primeira vez

É o 1º de dois filmes em que Leonardo DiCaprio, Kate Winslet e Kathy Bates atuam juntos. O posterior foi Foi Apenas um Sonho (2008).

Foi o 1º filme na história do cinema a ultrapassar a barreira do um bilhão de dólares arrecadados apenas nas bilheterias.

Top 10 EUA

O filme permaneceu na lista das 10 maiores bilheterias da semana, nos Estados Unidos, por quase seis meses.

Prêmios

OSCAR
1998
Ganhou
Melhor Filme
Melhor Diretor - James Cameron
Melhor Fotografia
Melhor Direção de Arte
Melhor Figurino
Melhor Som
Melhor Edição
Melhor Trilha Sonora
Melhor Canção Original - "My Heart Will Go On"
Melhores Efeitos Sonoros

Indicações
Melhor Atriz - Kate Winslet
Melhor Atriz Coadjuvante - Gloria Stuart
Melhor Maquiagem

GLOBO DE OURO
1998
Ganhou
Melhor Filme - Drama
Melhor Diretor - James Cameron
Melhor Trilha Sonora
Melhor Canção Original - "My Heart Will Go On"

Indicações
Melhor Ator - Drama - Leonardo DiCaprio
Melhor Atriz - Drama - Kate Winslet
Melhor Atriz Coadjuvante - Gloria Stuart
Melhor Roteiro

BAFTA
1998
Indicações
Melhor Filme
Melhor Diretor - James Cameron
Melhor Trilha Sonora
Melhor Fotografia
Melhor Figurino
Melhor Maquiagem
Melhor Cenografia
Melhor Som
Melhor Edição
Melhores Efeitos Especiais

CÉSAR

1998
Indicação
Melhor Filme Estrangeiro

EUROPEAN FILM AWARDS
1998
Ganhou
Melhor Atriz - Voto Popular - Kate Winslet

MTV MOVIE AWARDS
1998
Ganhou
Melhor Filme
Melhor Ator - Leonardo DiCaprio

Indicações
Melhor Atriz - Kate Winslet
Melhor Vilão - Billy Zane
Melhor Beijo - Leonardo DiCaprio e Kate Winslet
Melhor Dupla - Leonardo DiCaprio e Kate Winslet
Melhor Sequência de Ação
Melhor Canção Original - "My Heart Will Go On"

GRAMMY
1998
Ganhou
Melhor Canção Original - Cinema - "My Heart Will Go On"

 Gostaram ?
Até a próxima postagem ;)

2 comentários:

  1. Adorei o post, Obrigada por visitar meu blog, adorei o seu e estou seguindo de volta!
    Beijos, Morangos Silvestres

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, eu agradeço a você por seguir o meu...O seu é ótimo!
      Bjokas.

      Excluir